quinta-feira, abril 17, 2008

Sinto-me triste.....

Sinto-me triste, desiludido, ausente.
Sinto-me enganado, maltratado, desapontado.
Sinto-me perdido...usado!!!
Tenho que reorientar a minha vida....
Vim bater num beco sem saida...sem continuação!
Tenho que me levantar e seguir caminho....
Desbravar caminho por onde nunca fui.
Pisar o caminho e seguir em frente!
Pegar na régua e no esquadro e voltar a delinear para onde vou!
Pintar a tinta o chão por onde passo
Sentir o peso da certeza de ser quem sou.
Sinto-me triste!!!
P.S. O mundo dos adultos é uma desilusão.....

4 comentários:

Anónimo disse...

Então amor? Sim, o mundo dos adultos é uma desilusão mesmo. Mas não quero saber que andas triste. Mil beijos*** Pat

...:: DJ ::... disse...

Na vida encontramos muitos becos sem saída. O mais curioso é que nesses becos encontramos outras portas que podemos usar para podermos chegar a outra ruela, rua ou avenida que nos leva por um caminho bem melhor.
Só encontrando estes becos é que nós evoluímos profissionalmente e chegamos à conclusão de que nunca estamos bem e do que realmente queremos alcançar.
Encontraste mais um beco... e muitos se seguiram.
Sei que é triste sentirmo-nos assim, pois não passamos de um trapo na mão de alguém.
Agora não podes esmorecer e pensar que não existe outro caminho de saída dado que voltar para trás é regredir.
Olha à tua volta e procura as portas que este beco tem.
Eu estarei cá para te apoiar, dar energia, alento e tentar ajudar a desbravar o futuro que se avizinha (próximo ou não) sempre que necessitares. Apenas não te quero ver triste, desiludido, desanimado, frágil e muito menos usado.

Hoje o dia é cinzento, frio e de chuva... amanhã o sol vai aparecer de novo!

GMT

Anónimo disse...

Eu estou como tu sem tirar nem por mas temos que levantar a cabeça e ir em frente e mustrar a esses que nem sei que nome lhe aplicar de que massa somos feitos temos que levantar os queixos e... FORÇA

NCa disse...

Nada mais acertado Anónimo.
Espero que siga sempre o seu rumo com a cabeça erguida e força interior.
Abraços